9 Dicas para o Teu Sucesso |
Sacha Matias (Criador Dr. Performance<br>e Método Dr Performance 15 Minutos)

Sacha Matias (Criador Dr. Performance
e Método Dr Performance 15 Minutos)

Professor, formador, adoro ajudar as pessoas a manterem-se saudáveis.
Entusiasta pela família, pessoas e desporto.

"Gostava de te ajudar a chegar a mais pessoas Sacha, como posso fazer?"
Obrigado por isso.
Podes Partilhar com mais Pessoas
(carrega num dos ícones)
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest

9 Dicas para o Teu Sucesso

Sem mudares o que fazes hoje!

9 Dicas para o teu sucesso, por Sacha Matias
A maior dica de todas das 9 dicas: O Sucesso só depende de ti

Neste artigo vou-te falar de 9 dicas para o teu sucesso sem que tenhas que mudar o que fazes hoje!

Estas 9 dicas não são uma fórmula mágica, no entanto se as aplicares estarás mais avançado que a maioria das pessoas, e estás mais próximo do teu sucesso.

Em primeiro lugar tens que fazer o que gostas e ser pago por isso. Se consegues isto na vida, então estás preparado para tudo, todo o problema que surja torna-se fácil para ti. Se estás nesta situação, parabéns, partilha comigo nos comentários deste artigo. Se não continua a ler este artigo.

Nós criamos uma confusão na nossa vida. A tentativa de colocar a Vida profissional e pessoal em lados opostos. Trabalho desde 2001, trabalhei mais de 15 anos por conta de outrem, e falo com centenas de pessoas por semana e no entanto a maioria diz-me sempre isto:

  • Trabalha muitas horas e ganha pouco.
  • Não consegue dar atenção à família.
  • Queria ter mais tempo para fazer o que gosta e passar mais tempo com os amigos.

Também te queixas disto na tua vida?

Infelizmente muitos estudos mostram que mais de 30% dos trabalhadores de muitas empresas a nível mundial estão insatisfeitos com o que fazem actualmente e que não lhes permite conjugar com a sua vida pessoal, promovendo assim a que estejam constantemente insatisfeitos e prontos para mudar para algo que lhes permita conjugar estes dois mundos.

Existe uma frase de Richard Branson que diz muito o que estou a querer dizer:

 “Cerca de 80% da sua vida é gasta trabalhando. Você quer se divertir em casa… então por que não deveria se divertir trabalhando?”

Não deveria ser sempre assim?

Bom, não estou aqui para te dizer que tu precisas de equilíbrio entre a tua vida profissional e pessoal. É um discurso algo batido. Estou aqui para te mostrar uma nova perspectiva e tu no final tiras as tuas ilações.

Quero que vejas outros pontos de vista, outras perspectivas, para que tu, ainda hoje, possas começar a fazer algo diferente do que já tentaste com resultados que não querias.

Este artigo contém 9 dicas para o teu sucesso, para te ajudar a modificar o teu mindset sobre a importância de teres alinhada a tua vida profissional e pessoal e perceberes que só assim é que atinges o sucesso que tanto mereces.

É neste momento que tens que tomar uma de duas decisões:

  • ou continuas a ler porque tenho a certeza que ao menos uma destas dicas vai impactar positivamente na tua vida;
  • ou continuas a tua vida como a tiveste até hoje.

Escolhe!!

Fixe, se decidiste continuar aqui vão as 9 dicas para o teu sucesso:

Dica 1 – O equilíbrio entre a tua vida profissional e pessoal é um mito, não percas tempo a pensar nisso.

Dica 2 – Tu só vives uma vez e só tens uma vida, porque é que tentas separar tudo?

Dica 3 – Procura fazer actividades profissionais que gostas.

Dica 4 – Cria Objectivos para a tua vida.

Dica 5 – Cria planos de acção para atingires os teus objectivos.

Dica 6 – Trabalha por ti e para ti, não para os outros.

Dica 7 – Entende que este é um problema teu e de mais ninguém.

Dica 8 – Preocupações e problemas devem gerar acção (não emoção).

Dica 9 – Desenvolve o teu próprio senso de urgência e prioridade.

Artigo relacionado: 3 dicas para mudar hoje, sem ter que fazer nada impossível

9 Dicas: Dica 1 – O equilíbrio entre a tua vida profissional e pessoal é um mito, não percas tempo a pensar nisso.

9 Dicas para o teu sucesso: Equilíbrio, por Sacha Matias
Procura o equilíbrio na tua vida

Encontrar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional é algo que a maioria de nós não consegue atingir.

A maioria das pessoas pensa que trabalha demais e procura um balanço perfeito, mas são poucos os que conseguem alguma mudança significativa.

A questão principal aqui é que nós achamos que o equilíbrio está em imaginar que a vida profissional e a vida pessoal são como duas crianças a brincar num baloiço. O que leva a três conclusões implícitas:

  • Os dois precisam ficar em locais opostos para encontrarem o equilíbrio;
  • Deixa de funcionar quando se juntam.
  • Quando um está bem alto, o outro está em baixo.

Se tu já andaste de baloiço, sabes que é muito difícil manter os dois lados equilibrados, mesmo quando as duas pessoas têm o mesmo peso. O menor movimento faz o peso pender para um lado ou para o outro.

É por isso que o equilíbrio é um mito. Podes até alcançar, mas não o vais conseguir manter por muito tempo.

Em certos momentos da vida, um lado pode estar bem e o outro não.

Mas isto não significa que precises de abdicar da tua família e dos teus amigos para teres uma carreira de sucesso, assim como não precisas ficar desempregado para seres feliz ao lado dos que mais amas.

Pare de tratar vida profissional e pessoal como coisas opostas.

Ao fazeres isso, vai sentir a necessidade de manter-las em equilíbrio, e isso é uma perca de tempo e uma busca interminável.

Tu só vives uma vez, e só tens uma vida!

Dai ser necessário teres um plano de acção e tarefas bem definidas para conseguires conjugar tudo (vou abordar este assunto ao longo do artigo)

 Artigo relacionado: O poder da Decisão

9 Dicas: Dica 2 – Tu só vives uma vez e só tens uma vida, porque é que tentas separar tudo?

9 Dicas para o teu sucesso: Tu só vives uma vez, por Sacha Matias
Lembra-te, tu só tens uma vida

Sim, é verdade, tu só vives uma vez. A não ser que sejas uma personagem de um jogo de computador ou um imortal (ainda não conheci nenhum, mas se fores um diz-me que quero conhecer-te).

Um dos meus mentores, Rui Gabriel disse-me o seguinte:

“Tudo o que fizeste até agora foi bem fácil. E lembra-te, tudo o que tu fazes faz parte da tua vida no todo. Sempre que te queixas de algo, atrais mais problemas na tua vida.”.

Eu sei que é fácil falar. Sempre que temos um problema na vida a nossa tendência é queixarmos-nos. No entanto, sempre que ultrapassamos algo, esquecemo-nos o quão difícil foi e até parece que foi fácil.

Isto aplica-se a tudo na vida!!

Ninguém consegue trabalhar da melhor forma (seja em negócios próprios, seja quando se trabalha para outros) quando tem problemas em casa.

E as discussões com a família são inevitáveis quando falta dinheiro ou quando o nível de stress no trabalho está incontrolável.

No entanto, são muitos “profissionais de bem-estar no trabalho” que falam sobre não levar problemas de casa para o trabalho e equilibrar a vida profissional e pessoal, que fica difícil tirar estes conceitos da cabeça.

Então, o nosso cérebro prega-nos uma partida e acaba por criar uma imagem de duas estradas paralelas com objectivos diferentes:

  • No final de uma delas está o teu objectivo profissional;
  • No final da outra está o teu objectivo pessoal.

Essa imagem reforça a crença (e diga-se de passagem, bem limitante) de que não é possível seguir pelos dois caminhos ao mesmo tempo, e não dá para saber se as duas estradas levam ao mesmo lugar. Pode ser até que uma siga em direcção a norte, e a outra a sul.

A melhor forma que encontrei pra mudar esse mindset é imaginar uma única estrada, e no final dela está o seu objetivo de vida. Suas ambições de carreira e suas realizações pessoais são apenas desvios ou retornos que estão no caminho, e você precisa passar por eles se quiser chegar ao destino – afinal, essa estrada nunca será uma linha reta.

9 Dicas: Dica 3 – Procura fazer actividades profissionais que gostas.

9 Dicas para o teu sucesso: Faz acontecer, por Sacha Matias
Faz Acontecer. Não esperes pela melhor oportunidade!

Estou constantemente a falar nos meus posts nas redes sociais sobre este assunto.

Segue o meu Instagram e Facebook onde falo destes assuntos

Eu falo muito sobre Desenvolver Ideias ou negócios, porque acredito que é quase impossível ter uma carreira plena sem se gostar do que se faz.

A realização profissional faz toda a diferença no teu bem-estar.

Como é que tu vais aproveitar a tua família e os teus amigos, se no domingo à noite já estás a sofrer por antecipação porque tens que ir trabalhar na segunda-feira?

Uma coisa importante que te quero dizer é que nem sempre é necessário mudar de emprego ou de profissão para te sentires feliz com o trabalho (não estaria de acordo com as 9 dicas para o teu sucesso). Às vezes um pequeno ajuste no percurso ou re-significar é suficiente.

Por exemplo:

  • Talvez estejas infeliz como enfermeiro/médico ou outra profissão de desgaste rápido, mas és óptimo com pessoas e poderias começar em profissões associadas a áreas de negócio;
  • Verificas esta situação, mas não sabes por onde começar. Não faz mal, porque nisso eu posso-te apoiar (carrega aqui para falares directamente comigo).
  • Ou talvez até gostes do teu emprego, mas estás descontente com as actividades que fazes hoje – neste caso, uma conversa com teu chefe ou com os cargos de direcção podem resolver.

Mas Atenção e se leste tudo até agora: trabalhar com o que se gosta muito não significa que não é necessário, por vezes, fazer nada que não goste. Significa que tu gostas tanto do que fazes que aguentas todos os percalços sem te queixares.

Não fiques a espera pela reforma para teres tempo para fazeres o que gostas. Este é o problema de muitas pessoas. Começa a aproveitar a vida agora.

“Aprenda a ser feliz com o que você tem enquanto persegue tudo o que você quer .”

Jim Rohn

9 Dicas: Dica 4 – Cria Objetivos para a tua vida

Cria objetivos para a tua vida, por Sacha Matias
Sabes exactamente onde queres acertar na tua vida?

Quem trabalha em grandes empresas está muito habituado a criar e realizar objectivos. Nem que seja porque és obrigado!! 😊

O engraçado é que, e embora seja algo comum no trabalho, poucas são as pessoas que definem objectivos para a própria vida. E o que é isto? São aqueles objectivos que te motivam a levantar da cama todos os dias. Que te dão um fogo e uma paixão interminável!!

Os objectivos funcionam como começar a compreender uma bússola, começam a indicar-te a o caminho certo (mesmo que ainda não o saibas – vou falar disto mais à frente) e mais incrível geram micro-decisões que te levam a percorrer esse caminho de forma inabalável.

Sabendo exactamente onde tu queres chegar, vais começar a verificar e visualizar as tuas prioridades – e isto é fundamental para viveres bem, teres uma vida abundante como mereces.

No entanto, sem saberes o que é importante no momento, situações como estas viram rotina:

  • Aceitas aquele projeto com prazo ridiculamente apertado, já que precisas pagar as tuas contas;
  • Trabalhas até tarde, semana após semana. Deixas de ver os teus amigos (eles acham que queres ficar rico o mais rápido possível), os teus filhos que começam a achar que fugiste de casa e a tua mulher ou marido começam a achar que tens uma nova relação ou já não queres saber da que tens;
  • Depois de um tempo, a ansiedade e o cansaço atingem níveis incontroláveis, e começas a dizer para ti mesmo: “mais valia estar quieto, não me pagam para isto”. Pagar as contas e manter o estilo de vida já nem parece tão importante…;
  • Então começas a procurar alguma informação na Internet que te possa ajudar a ganhar tempo na tua vida, pois só se vive uma vez. Que Espectáculo, não é coincidência estares a ler este artigo aqui!

Fixe!!

Artigo Relacionado: 3 Dicas para Mudar Hoje!

“Só que eu nem sei por onde começar. O que é que eu tenho que fazer?”

Ainda bem que perguntas isso.

Se ainda não tens objectivos bem definidos, então pára, respira e pelo menos, durante 10 minutos, responde a estas 3 perguntas:

  • Quais são os meus sonhos?
  • O que eu quero deixar como legado paras os meus filhos/família e para o mundo?
  • Como quero ser recordado depois de morrer?

Este exercício é espetacular e muda o jogo todo. Escreve apenas o que te vier a cabeça, não te preocupes em encontrar os teus objetivos para a vida em apenas 10 minutos. Eles vão mudar ao longo do tempo, o truque está em reavaliares e fazeres o que tem que ser feito consistentemente, TODOS OS DIAS.

O importante é colocares no papel e deixar visível (eu tenho a minha casa cheia de pos-it e tenho um quadro no meu quarto com o que vou atingir, quais são os meus objectivos, o meu plano de acção e tarefas que tenho que fazer).

Se possível, e se te sentires confortável com isso, divide essa lista com algumas pessoas próximas. Desta forma, o teu subconsciente cria um compromisso com esses objectivos, e eles sempre serão lembrados em momentos de decisão.

Se tens lido tudo até agora já sabes o que tens que fazer!! Agora é o momento de tomares uma decisão: Continuas a ler ou mudas de página!!

Qualquer uma das escolhas está certa, se escolheste continuar a dica seguinte vai-te levar a um novo patamar!! Boa leitura!!

9 Dicas: Dica 5 – Cria planos de acção para atingires os teus objectivos.

9 Dicas: Plano de acção, por Sacha Matias
Os caminhos são mais fáceis com GPS. Um plano de acção é isso

Um conjunto de objectivos sem um plano de acção é como percorrer um caminho pela primeira vez nunca feito sem qualquer instrumento de orientação.

É tal e qual ter um super-carro, como um Lamborghini ou um Ferrari e não terem o motor. São espectaculares mas não servem para nada.

É por isso que muitas pessoas não conseguem atingir os seus objectivos de inicio de ano (aqueles que nós todos dizemos que vamos fazer, mas na realidade nunca acontecem). Já te aconteceu?

A mim aconteceu, é por isso que te estou a falar disto!!

Imaginemos este cenário: Até és mais activo e decides escrever os teus objectivos. Colocas num sitio onde vês todos os dias, mas não traças um plano de acção. O ano passa e, ao olhar para lista, tu nem fazes ideia por onde começar – e por esta razão nunca começas.

Está na Altura de Ganhares Tempo
“Está na altura de Ganhares Tempo”
Vê este Workshop que te vai dar Ferramentas para que possas controlar o Teu Dia e ajudar no que estou a falar neste artigo (como por exemplo realizar um plano de acção)

A razão de fazeres um plano de acção não é preveres exactamente todos os acontecimentos futuros e as suas possíveis acções. O grande valor está em materializar os passos necessários para atingires os teus objectivos. Isto é o que vai te ajudar a fazer alguma coisa, ao invés de ficares parado. Vai colocar movimento em todas as tuas acções.

Visualizares o passo-a-passo também ajuda a definires o que é prioritário na tua vida. Seu o dia tem 24 horas (Deus foi justo para todos neste caso específico), quanto mais tempo desperdiçares com o que não é importante, mais afastado vais ficar dos teus objectivos.

Se já chegaste até aqui é porque já escreveste os teus objectivos (se não o fizeste recomendo que leias a dica 4 e revejas tudo o que digo lá). Agora, para por uns minutos e escreva um plano de acção para cada um dos teus objectivos.

É importante colocares no papel, vai funcionar como uma fotografia que tu vais poder visualizar várias vezes e que se vai tornar cada vez mais real para ti. Eu sei que pode parecer idiota, mas com o tempo, algumas das coisas farão sentido, outras não, e outras novas vão surgir.

Mantém o foco nos objectivos, os planos vão-se adequando e ajustando naturalmente ao longo do tempo.

9 Dicas: Dica 6 – Trabalha por ti e para ti, não para os outros.

Dica 6 – Trabalha por ti e para ti, não para os outros., por Sacha Matias
Tu és o único responsável por cumprir os teus sonhos

Trabalha por ti, para ti e pelos teus sonhos e ambições. Ao trabalhares para outros, quando as coisas não correm como tu queres começas a perder a vontade de trabalhar e cumprir os teus sonhos e começas a usar isso como uma desculpa para seres infeliz.

“Estou farto de trabalhar aqui, mas eu até ganho bem para o resto da população e vai ser difícil conseguir outro emprego para manter o estilo de vida da minha família.”.

Muitas pessoas neste Mundo

Se tu nunca disseste isto, o mais provável é que já ouviste de outra pessoa qualquer. Eu próprio disse isso muitas vezes.

Abdicar da nossa própria felicidade para atender o interesse e cumprir sonhos de terceiros não é altruísmo, é comodismo. É sempre mais fácil deixar as coisas como estão. É a nossa zona de conforto. Mas…

…esta decisão e este comodismo têm outra consequência.

Se trabalhares para outros (e atenção não tenho nada contra isto, eu também o fiz), vais ser pago pelo que o teu “empregador” acha justo para ti – mesmo que tu não aches. E depois acontece um fenómeno curioso, deixas de ter paciência para a tua família porque estás desgastado!! Quando os teus filhos ou o teu Marido/Mulher reclamam que tu trabalhas demais e que tu nunca estás presente, a reacção normal da maioria das pessoas é irritar-se e dizer:

“Eu trabalho muito para te dar uma vida melhor!!”.

Não me leves a mal. Não estou a dizer que é errado empenhares-te para dares conforto e um melhor estilo de vida às pessoas que tu amas. Mas Com que custos?

Só te quero lembrar que as pequenas coisas, que não exigem grandes investimentos, é que fazem a diferença nas relações humanas.

Brincares com os teus filhos, sair para jantar com a tua mulher/marido, sair para conversar com os amigos. Se não incluis itens desse tipo no teu plano, faz uma revisão e organiza o teu tempo para isso.

E o mais importante: divide os teus objectivos e sonhos com as pessoas que ama para que elas possam sonhar contigo (não esperes que te compreendam à primeira). Assim, vão entender que o teu tempo é limitado, e nem sempre será possível estar com eles.

Além disso, vai ser mais fácil encontrar soluções para esse problema do tempo, como levares a tua família para viagens de trabalho ou eventos, ou mudares-te para um lugar que diminua as deslocações e favoreça a qualidade de vida de todos.

9 Dicas: Dica 7 – Entende que este é um problema teu e de mais ninguém.

Dica 7 – Entende que este é um problema teu e de mais ninguém, por Sacha Matias
Ninguém quer saber dos teus problemas, acredita em mim, tu és pago para gerar soluções!

A tua Qualidade de vida não é responsabilidade da empresa onde tu trabalhas. Eles não têm culpa de tu ficares no escritório até tarde, se há muito trabalho e poucas pessoas na equipa, ou se o chefe não vai “muito com a tua cara”.

Deves-te preocupar em manter um ritmo de trabalho sustentável e controlares o teu nível de stress. Esse problema é só teu, ninguém mais se vai sentir responsável por isso.

Para a empresa, não faz diferença se tu trabalhas 8 ou 18 horas por dia – a menos que ganhes por hora, claro. A única coisa que importa de fato é o resultado que tu geras.

Com isto em mente, basta distribuíres o teu trabalho durante a semana e fazer o que tem de ser feito dentro do teu horário (por isso é que existem as tarefas do plano de acção). Existem várias técnicas de produtividade que podem ajudar na sua organização, como a técnica Pomodoro.

Não é um grande problema trabalhar até tarde, desde que tu faças isso de forma planeada e consciente. Assim, não te vais irritar e ficar ansioso porque não tens tempo para fazer outras coisas.

Tu podes sempre fazer algo para melhorares a tua qualidade de vida. Para de procurar culpados por viveres cansado e stressado, ASSUMEO CONTROLO DA SITUAÇÃO.

Vais ver como é libertador!!

9 Dicas: Dica 8 – Preocupações e problemas devem gerar acção (não emoção)

Dica 8 – Preocupações e problemas devem gerar acção (não emoção), por Sacha Matias
Tens que saltar mas estás com um problema? Não penses muito, salta!!

Vou-te começar a contar esta dica com uma hipótese:

Imagina a seguinte situação: trabalhas na mesma empresa há 16 anos, e recebes a notícia de que está em falência financeira. A gerência diz que não devem ocorrer grandes mudanças no primeiro ano, mas tu ouves alguns “sussurros” (aquelas conversas de corredor) que a empresa vai começar a extinguir alguns cargos, começando pelos funcionários que têm mais de 15 anos de casa.

Nesse preciso momento várias preocupações invadem a tua cabeça, mesmo sem saberes se a informação é verdadeira ou não:

  • “Pode ser difícil voltar ao mercado depois de tanto tempo.”
  • “Talvez seja necessário fazer alguns cursos para melhorar o currículo.”
  • “É melhor controlar as despesas, vai ser complicado pagar as contas se não arranjar outro emprego imediatamente e que me pague pelo menos o que ganho.”

Mas antes de continuar, deixa-me contar-te uma história de uma trilogia que adoro, do Batman de Christopher Nolan, e neste caso uma cena do terceiro filme “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge!”
(atenção, quem nunca viu este filme existe partes reveladas do mesmo):

Impossível, por Sacha Matias
Bruce Wayne Escala e foge da Prisão impossível de Fugir (conheces esta Cena do filme?)

Adoro esta cena, quando Bruce Wayne consegue fugir de uma prisão que era impossível fugir e que apenas só um tinha conseguido.

Quando decidiu enfrentar o Bane, já não era o mesmo Batman, esteve afastado 8 anos, e sofreu uma derrota pesada perante ele.

Bane decidiu não o matar, no entanto colocou-o numa prisão que era impossível de fugir, que o Bane dizia ser um inferno na Terra porque dava alguma esperança a quem estava lá preso (por ter um fosso gigantesco para a rua que era possível escalar até uma certa altura):

“Não te quero matar, tu não receias a Morte! Quero torturar a tua alma (…) Vais poder-me ver daqui, neste inferno, a torturar uma cidade inteira, e quando tiveres percebido a profundidade do teu fracasso (…) e quando tudo terminar e Gotham virar cinzas, aí sim tens a minha permissão para morrer!”

Bane para Bruce Wayne

Ferido, perdeu a esperança de salvar Gotham City, porque Bane revelou-se muito mais forte!!

Enquanto via a cidade a ser destruída, decidiu não aceitar a derrota e deixou de se preocupar se o Bane era mais forte. Recuperou fisicamente, tentou muitas vezes escalar a parede, mas sempre sem sucesso!

Quase a desistir o médico da prisão disse-lhe:

“Tens que te lembrar porque existe o medo.
Enfrenta o teu medo, depende de você fazer a escalada e sair da escuridão. Faz como a criança, sem a corda!! Aí o medo vai voltar e tu vais conseguir escalar.”

Medico da prisão para Bruce Wayne

É este o momento em que ele se torna o Batman de novo. É neste momento que o Cavaleiro das Trevas Ressurge.

Deixou de se preocupar, deixou a sua zona de conforto e enfrentou o seu medo!! Espectacular, não é?

Então voltando ao tema da dica, porque é que tu também te preocupas em demasia e paralisas com medo?

Como podes estar preocupado com algo que ainda nem aconteceu?

O estar preocupado, por outras palavras, significa “Ocupar-se antes do tempo com algo que ainda não aconteceu”.

A parte interessante aqui é o “ainda não aconteceu”. Preocupações levam a sentimentos maus sobre hipóteses – tu ainda nem sabes o que vai acontecer, mas já estás remoer-te por dentro e a desgastar-te.

Interessante. E então?

Bem, isto leva-nos a outra conclusão: se a preocupação está relacionada com futuro, a despreocupação está relacionada com o passado. Ou seja, ninguém se preocupa com o que já aconteceu:

“Águas passadas não movem moinhos.”

Então, o melhor a fazer é transformares as tuas preocupações em acções, ao invés de emoções que te vão desgastar. Basta trocares o teu mindset de “como devo-me sentir a respeito disto?” para “o que eu posso fazer a respeito disto”?.

Artigo relacionado: 3 Dicas para mudar hoje! Sem teres que fazer algo impossível

No exemplo de poderes perder o emprego, em vez de te estares a massacrar, tens duas hipóteses:

  • Perguntas à tua chefia se o boato é verdadeiro;
  • Ou encontras um plano B e começas imediatamente a implementar (Posso-te ajudar neste ponto específico – carrega aqui para falares comigo)

Depois de começares a tomar acções e a fazer alguma coisa, o teu cérebro entende que aquilo que te causou preocupação agora faz parte do passado, e vais-te sentir aliviado. A acção transforma preocupações em despreocupações.

Experimenta fazer isto agora. Pega em qualquer coisa que te preocupa e faz algo a respeito, mesmo que seja bem simples. Tenho certeza de que vais-te sentir bem melhor assim que terminares.

9 Dicas: Dica 9 – Desenvolve o teu próprio senso de urgência e prioridade.

Já reparaste que pouco nos importamos com o tempo, mas na verdade nunca volta atrás?

Urgência e prioridade são conceitos muito subjectivos.

Uma grande parte de nós passa a focar-se muito no que tem que ser feito no nosso trabalho, e como acontece como muitos de nós, todos os objectivos da empresa são urgentes e prioritários, porque é assim que nos é passado.

E na verdade os chefes e os CEO têm razão, porque são eles que pagam o salário. Tal como disse, se a empresa te paga um salário, é justo que ela direccione “o quê” e “quando” tu deves fazer algo. No entanto, se apenas as expectativas da empresa forem consideradas, as tuas hipóteses de viveres bem diminuem bastante – lembra-te, não deves e não é possível separares a vida profissional e pessoal.

E que tempo dedicamos a nós? Muitas vezes é esquecido pela razão que enunciei em cima, porque ao sair do trabalho, levamos trabalho para casa e fazemos tudo a correr com os nossos filhos porque temos que “despachar” para continuar a trabalhar.

Mas repara, se chegaste até aqui no artigo, então tens que estar pouco preocupado porque já começaste a construir os teus objectivos e planos de acção. E agora experimenta fazer o mesmo no teu trabalho, no teu negócio, na tua vida profissional.

Experimenta pensar também nas tuas próprias urgências e prioridades quando fores tomar decisões tanto no trabalho como na vida pessoal.

Obviamente que urgência e prioridade é um termo muito relativo, mas se já construíste uma visão e um plano de acção sabes o que tens que fazer. Se não construíste, não há problema nenhum, volta atrás.

Ou seja, a partir deste ponto tu tens a capacidade de saber o que é urgente e prioritário e conseguires usar o “sim” e o “não-positivo” durante todo o dia (quem explica muito bem este conceito é um grande amigo meu, o António Sacavém)

Vê também: Vídeo onde o António Sacavém fala sobre o "não positivo" para um "sim" maior

Uma coisa posso-te garantir, neste momento tens duas decisões a tomar:

  • Ou continuas chateado a trabalhar onde não gostas, onde deixa 40 a 60 horas por semana;
  • Ou decides agarrar a tua vida.

Deixa-me dar-te uma recomendação, volta a avaliar a tua vida e verifica se é isso que tu queres para a tua vida ou se pretendes dar mais valor a tua vida e a tua família.

É nos momentos de decisão que o seu destino é traçado.

Tony Robbins

Concluindo:

Teres sucesso na tua vida para teres sucesso, gerares liberdade e dinheiro suficiente sem abandonares a tua família e amigos é difícil, mas é possível.

Só precisas ajustar o Mindset para que possas adquirir o “Teu Sucesso”.

Só para te relembrar as 9 dicas para o teu sucesso:

O equilíbrio entre a tua vida profissional e pessoal é um mito, não percas tempo a pensar nisso.

Tu só vives uma vez e só tens uma vida, porque é que tentas separar tudo?

Procura fazer actividades profissionais que gostas.

Cria Objectivos para a tua vida.

Cria planos de acção para atingires os teus objectivos.

Trabalha por ti e para ti, não para os outros.

Entende que este é um problema teu e de mais ninguém.

Preocupações e problemas devem gerar acção (não emoção).

Desenvolve o teu próprio senso de urgência e prioridade.

Todas estas dicas funcionaram muito bem para ti, algumas ainda estou a implementar (e digo-te já vais estar sempre a implementar, a diferença é que passas a tornar isto um hábito), e eu acredito que elas também podem-te ajudar.

No entanto, tu só vais descobrir se experimentares e aplicares para ti.

Achas que é fácil? Estás a aplicar? É difícil? Deixa em comentários a tua opinião, para me ajudares a melhorar e para ver se eu também te posso apoiar. E digo isto porque faz parte da minha visão.

Vê também: Vê a minha história
e visão para perceberes
o que estou a dizer.

Deixa o teu comentário.

Muito Obrigado,

Sacha Pereira Matias (Dr.Performance™️, by SME).

2 thoughts on “9 Dicas para o Teu Sucesso”

  1. Hi, sachamatiasempreendedor.com

    I’ve been visiting your website a few times and decided to give you some positive feedback because I find it very useful. Well done.

    I was wondering if you as someone with experience of creating a useful website could help me out with my new site by giving some feedback about what I could improve?

    You can find my site by searching for “casino gorilla” in Google (it’s the gorilla themed online casino comparison).

    I would appreciate if you could check it out quickly and tell me what you think.

    casinogorilla.com

    Thank you for help and I wish you a great week!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Todos os Artigos

Partilha nas Tuas Redes Sociais (Escolhe um botão)

Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

POWERED BY Sacha Matias 

Dr. Performance © Copyright 2019

Muito Obrigado pela tua Subscrição.

Irás receber E-mails com o remetente: email@drperformancebusiness.com

Se nas próximas 24h não receberes nenhum email, verifica a tua caixa de Spam, promoções e caixote do lixo no gmail (e Spam no hotmail ou live).

Irás receber como oferta no primeiro e-mail o e-book “Está na Altura de Ganhares Tempo”

Vamos-nos vendo por aqui, Sacha Matias

Powered By Sacha Matias