Porque é Difícil Atingir Objetivos? -
Sacha Matias (Criador Dr. Performance<br>e Método Dr Performance 15 Minutos)

Sacha Matias (Criador Dr. Performance
e Método Dr Performance 15 Minutos)

Professor, formador, adoro ajudar as pessoas a manterem-se saudáveis.
Entusiasta pela família, pessoas e desporto.

"Gostava de te ajudar a chegar a mais pessoas Sacha, como posso fazer?"
Obrigado por isso.
Podes Partilhar com mais Pessoas
(carrega num dos ícones)
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest

Porque é Difícil Atingir Objetivos?

Porque é Difícil Atingir Objetivos, por Sacha Matias
A maioria de Nós falha muitos dos objetivos a que se propõe

Neste Artigo Quero-te Falar o Porquê de Muitas Pessoas Terem Dificuldade em Atingir os Objetivos.

Mas porque é que será assim tão Difícil Atingir Objetivos?

Estudos recentes mostram que, aproximadamente, 80% das pessoas têm dificuldade em atingir objetivos.

E mais importante, não percebem porquê. Eu próprio falhava aproximadamente 80% dos objetivos que traçava (lá vem outra vez a maldita lei de Pareto, parece que tem sempre razão).

Mas antes deixa-me clarificar-te o que são objetivos e como se podem atingir.

Os Objetivos têm como propósito dar descrições concretas de onde queres chegar, ou algo que estás a querer atingir, ou seja, o próprio propósito. Um Objetivo é estratégico e abrangente. E se ficas por aqui, torna-se difícil de atingir.

Objetivos podem ser pessoais, profissionais ou outros. Exemplos disso são fazeres um novo curso, emagrecer, ganhar mais dinheiro, ter mais tempo disponível, entre outros. Mas são gerais como vês e é necessário especificar o como o vais fazer.

E para isso tens que converter os Objetivos em metas ou tarefas. As metas são específicas, diárias, e são ajustados de acordo com cada objetivo. Para isso é necessário criar um plano de ação aliado a uma agenda, que vai contemplar cada passo diário (irei falar disto em maior pormenor no ponto 2 deste artigo).

Mas de forma simplificada, um exemplo de meta para cada um dos pontos falados em cada objetivo:

  • Objetivo: Emagrecer 20Kg; Meta: Realizar 20 minutos por dia atividade física das 07:00 às 07:20;
  • Objetivo: Fazer um Curso de Marketing Online; Meta: Realizar 60 minutos por dia das aulas e aplicar os conhecimentos de imediato;
  • Objetivo: Ganhar mais Dinheiro (pode ser com uma ideia, com venda de produtos existentes ou implementar um negócio já existente, ser promovido na empresa); Meta: (por exemplo para negócio ou produtos/serviços) Realizar uma publicação por dia com as vantagens e soluções que tens para as pessoas entre as 09:00 e 10:00 ou implementar uma nova tarefa onde trabalhas para melhorar a vida profissional de todos os teus colegas (por exemplo para ser promovido);
  • Objetivo: Ter mais tempo Disponível; Meta: Implementar todos os dias um momento de “non far niente” entre as 14:00 e 15:00.

Cada tarefa deve ter um período e isso é que torna a ser possível atingir objetivos (Entretanto vou falar em maior pormenor sobre isto no segundo ponto deste artigo).

E vou-te explicar as 3 razões, pelas quais, tu, eu e a maioria das pessoas têm dificuldade em atingir objetivos.

Neste Vídeo eu Explico de Uma forma Simples essas 3 razões:

Neste Vídeo Explico-te as Razões pelas quais a maioria de nós não consegue atingir objetivos.

No entanto podes completar a informação ao continuar a ler este artigo.

Vamos a isso? Aqui vai:

Porque é que esse objetivo é importante para ti?

Agora tens que Passar à Acção!

Trabalha as Circunstâncias!

Veja Também:
"Mas o que é
Isso de Sucesso?"

Porque é que esse objetivo é importante para ti? (aqui começas a atingir os objetivos)

 Porque é que esse objetivo é importante para ti? (aqui começas a atingir os objetivos), por Sacha Matias
Se não atribuires uma importância a um objetivo, muito dificilmente o atinges.

Já te perguntaste porque é que é difícil atingir objetivos?

Muito provavelmente já te fizeste esta pergunta (ou semelhante) mas, na verdade, é colocada de forma errada.

A pergunta deve ser:

“Porque é que devo concretizar este(s) objetivo(s)?”

Tu, que estás a ler o artigo experimenta colocar a pergunta assim antes de traçares um objetivo

Por exemplo, eu coloquei como objetivo escrever um livro sobre Rotinas e Hábitos, porque percebi que se eu conseguir mostrar a outros que se implementarem uma rotina diferente de cada vez, não só criam hábitos poderosos, como resolvem muitos problemas ao mesmo tempo (quando se estava focado em resolver um).

E porque é que este objetivo é importante para mim?

Porque ao escrever as minhas rotinas, as minhas falhas, como é que ultrapassei cada dificuldade, como atingi objetivos, que aprendizagens tive, não só aumento a minha motivação, como deixo de duvidar de mim e das minhas capacidades (e sempre que essa dúvida surgir na minha cabeça basta-me ler o meu próprio livro escrito pelas minhas palavras).

Isto é um exemplo da importância de um de muitos objetivos que tenho.

Ou seja, é isso que tens que encontrar em cada objetivo que escreves (sim que escreves).

Mais importante que o objetivo, é o porquê de quereres atingir esse mesmo objetivo.

Depois sim, podes começar a escrever os objetivos.

Como fazes cada um deles? E como os escreves? Agora é necessário ação, então como se decompõem os objetivos gerais em metas/tarefas?

É o que vou falar no ponto seguinte.

Mas quero-te deixar esta frase de Friedrich Nietzsche, que espelha bem o que te falei neste ponto:

“Só se pode alcançar um grande êxito quando nos mantemos fiéis a nós mesmos.

Friedrich Nietzsche

Agora tens que Passar à Acção! (Para Atingir os Objetivos)

 Agora tens que Passar à Acção! (Para Atingir os Objetivos), por Sacha Matias
O movimento gera ação, e a ação gera resultados.

“Isto é tudo muito bonito, mas como é que ponho em prática?”

De facto fazes excelentes perguntas, por isso é que me dá um prazer enorme de escrever para ti.

Vou-te responder da melhor forma que sei, explicando como é que colocas em ação um objetivo depois de teres percebido a importância que ele tem para ti em o atingires.

Para isso acontecer é necessário começar por algum lado, certo?

E começas pelo Plano. Existem múltiplos planos, de várias tipologias, mas o que eu gosto mais é o 5W2H.

5W2H surgiu no Japão para facilitar o planeamento de qualquer Objetivo. O 5W corresponde às iniciais em inglês de What (o que), Why (porquê), Where (onde), When (quando) e Who (quem). Já o 2H refere-se às iniciais de How (como) e de How Much (quanto).

E este plano reflete, de uma outra forma, a conversão de objetivo geral num objetivo SMART (eSpecífico (Specific), Mensurável, Atingível, Relevante e Temporal).

Neste artigo tens 
exemplos de 
objetivos SMART.

Como é colocado no papel? Assim, desta forma:

  1. What: o que será feito? (objetivo(s) principal(is) do que vais fazer);
  2. Why: porque será feito? (justificação para atingir o objetivo(s));
  3. Where: onde será feito? (local de realização do(s) objetivo(s));
  4. When: quando será feito? (tempo de execução do objetivo(s));
  5. Who: por quem será feito? (neste caso ou és tu ou uma equipa, ou um parceiro teu);
  6. How: como será feito? (que tarefas são necessárias fazer, diariamente, de forma rotineira);
  7. How much: quanto custará? (custo total do que vais fazer: em tempo e, se possível, em dinheiro).

Mas voltando ao tema. Então como é que se faz um plano para atingir objetivos? Vê este exemplo de um plano não preenchido (meu):

Plano 5W2H, por Sacha Matias
É assim que tenho o meu Construído (template).

Vamos a um exemplo de um preenchimento? Fixe, vê então a imagem seguinte:

Um Exemplo de um Plano Preenchido, com as tarefas necessárias e o que deves fazer.

E quantos planos destes são feitos? O menor número possível. Cada Plano é para um objetivo geral e, se quiseres que te passe a minha experência, não tenhas mais que 3 objetivos gerais por ano. Este é um plano apenas de um Objetivo geral. Imagina teres 10? 😱 🥵.

Se calhar consegues ter muitos, eu apenas falei-te da minha experiência.

E deves traçar, pelo menos, 2 planos por ano (1 por cada semestre). Quando te habituares a realização de planos, recomendo que faças 1 plano, a cada 3 meses, por cada objetivo geral que tens.

Porquê desta forma? Porque vai-te responsabilizar mais em fazeres as tarefas que tens que fazer. E vais conseguir avaliar mais vezes. Porque, garanto-te, vais falhar, numa fase inicial, 3 em cada 4 planos. Até teres o treino necessário.

Por exemplo, outro objetivo geral que tenho é: Escrever o Livro sobre rotinas que geram hábitos poderosos (o Titulo para já é “É Mais Que Uma Questão de Sobrevivência”). Tanto que ele está dividido em 10 capítulos, com dicas e ferramentas que podes aplicar no dia-a-dia e, para aumentar a percepção e compreensão, tem sempre uma história que conecta com o assunto do capítulo.

Neste caso, o meu plano específico era ter concluído o mesmo em Março de 2020, rever o mesmo (entregando a 10 pessoas para o analisarem) a partir de Abril (segundo plano) e estar disponível para publicação e distribuição em Julho.

Recordas-te ter-te dito em cima que falhamos 3 em 4 planos? Pois este falhei-o redondamente, ainda não acabei o livro (falhei o 1º plano) o que vai fazer com que, os outros 3 planos de um ano vão falhar também.

Mas não é uma falha redonda nem estrondosa, porque na verdade vai ser concluído este ano, revisto este ano, publicado e distribuído ainda este ano. Só não acertei nas datas. E sabes porquê? Porque é o meu primeiro livro, é a primeira vez que o estou a fazer. O seguinte? Já vou estar mais próximo de acertar todos os planos.

Nós estamos habituados a fazer planos no nosso trabalho (mesmo que mal feitos), para a nossa vida e para negócios. No entanto, são poucos aqueles que sabem realmente fazer um plano (de A a Z, com o caminho desde o início até ao fim).

Os melhores que vi a ensinar e a aplicar estes planos são os profissionais de Network Marketing. Se quiseres saber o que é isto vê este artigo aqui:

"Network Marketing
É uma Fraude"

Mas mais importante é que comeces a fazer um. Ao fazeres um já estás a entrar em Ação e, o truque, não é ação massiva num dia ou em meia-dúzia de dias, mas sim pequenas ações, todos os dias, que geram uma ação massiva somada (rotinas somadas), que geram resultados massivos e explosivos (hábitos, momentum e aquisição de novas competências).

Quero concluir este ponto com esta frase (para refletires):

“É preciso impor a si mesmo algumas metas para se ter a coragem de alcançá-las. “

Benito Mussolini

Trabalha as Circunstâncias! (o que te vai levar à Concretizar os Objetivos)

Trabalha as Circunstâncias! (o que te vai levar a Atingir os Objetivos), por Sacha Matias
Se não compreendes as tuas Circunstâncias e as usas a teu favor vais estar sempre com pensamentos negativos.

Bem, até aqui tudo o que falei é muito simples (e não confundas com fácil, está bem?).

No entanto este ponto é verdadeiramente fundamental para atingir objetivos. Que é compreender as tuas atuais circunstâncias.

E o que são circunstâncias?

Segundo a Infopédia:

1.particularidade, condição ou acidente que acompanha um acontecimento; motivo; caso

2.condição do momento presente; situação num determinado momento; conjuntura; contexto

3.acontecimento particular; ocasião

4.plural estado de coisas

E para este ponto do artigo quero que tenhas em conta o ponto 2 e 3 da definição do Infopédia.

A questão que se coloca aqui é: “Sabes quais são as tuas Circunstâncias e como as Trabalhas?”

Tu só vais ter sucesso realmente em atingir objetivos se compreenderes as tuas reais circunstâncias.

E, para conseguires compreender quais são, recomendo que escrevas num papel/caderno ou onde quiseres (mas escreve por favor), o que tu sabes fazer, como é que está a tua vida pessoal, profissional, financeira e de saúde.

Este é o ponto de partida para trabalhares as tuas circunstâncias. E tudo o que decidires fazer (Ponto 1 deste artigo), como o vais fazer (Ponto 2 deste artigo) só vai ser possível se realmente souberes trabalhar nas tuas circunstâncias atuais.

Vamos a um exemplo?

Tens excesso de peso. Decidiste que queres emagrecer (objetivo geral) e que é importante para ti porque queres sentir-te mais ágil, menos cansado, menos doente ou outra razão qualquer (encontraste a tua importância). Fizeste o teu plano (passas-te a ação). Mas não sabes nada sobre emagrecer, alimentação ou exercício físico (circunstâncias). E não tens dinheiro para pagar a um especialista para te ajudar (circunstâncias).

Estas são as tuas circunstâncias, e tens que trabalhar a partir delas.

Vais ao Google/Youtube e procuras sobre “rotinas de treino de corpo completo para amadores” ou “Dieta Hipocalórica para Emagrecer” ou “Melhor Plano de Treino para quem Não Percebe Nada de Treino?”.

Foi perceptível? A partir daqui aprendes, aplicas e começas a ensinar outros (espera não tens que ensinar muitas pessoas, mas podes por exemplo fazeres vídeos do que estás a fazer e veres a seguir para “ensinares-te” a ti).

Mesmo assim se não foi claro vou dar outro exemplo, pode ser?

Ganhas menos dinheiro do que achas que mereces. Decidiste que queres ganhar mais dinheiro (objetivo geral) e que é importante para ti porque queres fazer mais viagens que não fazes porque não tens o dinheiro, porque ganhar mais no teu emprego é um sinal de maior reconhecimento do que tu fazes, porque queres jantar nos melhores restaurantes sem olhar para o lado direito do menu… (encontras-te a tua importância). Fizeste o teu plano (passas-te a ação). Mas não sabes nada sobre como ganhar mais dinheiro, como ser promovido no trabalho ou o que fazer extra para ganhar dinheiro (circunstâncias).

Estas são as tuas circunstâncias, e tens que trabalhar a partir delas.

Mais uma vez vais ao Google/Youtube e procuras sobre “Como Ganhar Dinheiro Extra?” ou “Como ser Promovido no meu Trabalho?” ou “Como Poupar Dinheiro”.

E a partir daqui treinas o que estás a aprender, defines no teu plano e fazes todos os dias um bocadinho.

Vai acontecer um fenómeno engraçado, quanto mais treinas, quanto mais tempo passa e mais treinas, as tuas circunstâncias mudam. E mudam Muito.

Podes e deves aplicar isto nos três pilares fundamentais da vida (falo disto no livro que estou a escrever): Saúde, Relações e Dinheiro.

Podes ver este video do Dr. David Allen que explica de uma maneira espetacular o que falei neste artigo de uma outra forma:

A Arte de Deixares de estar “Stressado”

Deixa o teu comentário no final deste artigo.

Tem uma excelente semana,

Sacha Matias (Dr.Performance, by SME).

3 thoughts on “Porque é Difícil Atingir Objetivos?”

  1. Pingback: Objectivos ou Planeamento? | Dr. Performance™, for Business

  2. Após a leitura do artigo “Construção de um plano de ação.”, este artigo serve bem de complemento ao anterior que referenciei.
    Obrigado

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Todos os Artigos

Partilha nas Tuas Redes Sociais (Escolhe um botão)

Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

POWERED BY Sacha Matias 

Dr. Performance © Copyright 2019

Muito Obrigado pela tua Subscrição.

Irás receber E-mails com o remetente: email@drperformancebusiness.com

Se nas próximas 24h não receberes nenhum email, verifica a tua caixa de Spam, promoções e caixote do lixo no gmail (e Spam no hotmail ou live).

Irás receber como oferta no primeiro e-mail o e-book “Está na Altura de Ganhares Tempo”

Vamos-nos vendo por aqui, Sacha Matias

Powered By Sacha Matias